Expressões brasileiras antigas e modernas que podem parecer estranhas e engraçadas

Uma das melhores habilidades do brasileiro é a criatividade, isso já sabemos. E quando o assunto é inventar gírias e expressões de linguagem, estas também não ficam de fora da criação inovativa brasileira. Em algumas cidades do Brasil, são inventadas gírias novas regularmente, já outras foram utilizadas pelos nossos avós, foram passando de geração em geração e as utilizamos até hoje.

A linguagem brasileira informal é composta por inúmeras expressões de linguagem, estas que já fazem parte do nosso dia a dia, e a maioria delas, nem paramos para pensar qual foram as suas origens e o porquê de serem dados estes nomes. Algumas expressões são muito engraçadas, já outras não fazem nenhum sentido se você parar para pensar. 

Aqui iremos descrever as expressões mais estranhas e engraçadas devido a sua nominação, e que apesar de não sabermos a proveniência de todas estas palavras, agora saberemos quando usá-las e o que elas querem dizer.

Expressões modernas

Ta na Disney: Uma pessoa que está na Disney é esta que não está entendendo o que está acontecendo. Outra expressão que tem o mesmo sentido de “tá na Disney” é “está no mundo da lua”.

Partiu: Originada com as redes sociais, a expressão se refere ao ato de realizar algo instantaneamente. 

-”Vamos a praia hoje Pedro.”

-”Partiu!”

171: Proveniente do código penal brasileiro, o artigo 171 quer dizer estelionato. A expressão foi adotada também em linguagem informal e se refere ao ato de roubar ou a algum ladrão.

Stalkear: Também originada da internet, é uma palavra de origem inglesa adotada urbanamente e conjugada verbalmente em português. Stalker em inglês refere-se a uma pessoa que está espionando outra sem a sua permissão. Em português refere-se a alguém que espiona a vida de outra pessoa na internet. “Já stalkei tudo”

Expressões antigas

Fazer uma vaquinha: O ato de juntar dinheiro entre pessoas para comprar algo.

Tabefe: Quando alguém dá um tapa em outra pessoa. “Vou te dar um tabefe”

Balela: História inventada ou distorcida. “Pare de contar balela”

Lorota: Também refere-se a uma mentira. Esta palavra pode ser utilizada com o mesmo sentido de “balela”.

Radiola: Aparelho de som antigo. Esta palavra é originada da junção das duas palavras: rádio e vitrola.

Sirigaita: Esta palavra era muito utilizada pelos nossos avós, e ainda pode ser escutada até hoje. Refere-se a uma mulher com pouca vergonha, ou pretensiosa. “Esta sirigaita está de olho em meu marido”

Chorar as pitangas: Refere-se ao ato de reclamar por algo. Derivada da expressão portuguesa “chorar lágrimas de sangue”, com o passar do tempo a expressão foi adaptada ao estilo brasileiro utilizando a fruta pitanga por sua cor vermelha.

Terminar em pizza: Essa expressão criada por volta do ano de 1960 teve origem no futebol. Em uma crise do clube Palmeiras, os dirigentes do time estiveram em uma reunião por várias horas discutindo alguns problemas, até que decidiram fazer uma pausa para comer. A direção do clube terminou em uma pizzaria com risadas e sem problemas. De fato, a expressão se refere a uma discussão que vai terminar sem resultado. “Isso vai terminar em pizza”

Views:
140
Article Categories:
Artigo

Comments are closed.